Você Sabe Como Utilizar a Persona Na Sua Estratégia de Marketing?

30 de julho de 2020

Você, com certeza, já deve ter ouvido falar sobre a persona. No cenário de uma empresa, a persona significa o seu cliente ideal. A persona vai muito além de dados como sexo, idade e localização geográfica, ela também aborda questões mais profundas, como: desejos, gostos, passatempos, desafios, objetivos e preocupações pessoais do seu cliente.

Você pode utilizar a sua base de clientes para identificar motivações parecidas e assim definir a persona. Tanto clientes apaixonados pelo seu negócio quanto críticos devem ser avaliados, dessa forma, você constrói uma percepção mais assertiva acerca do seu negócio/produto.

Quer saber o que levar em conta na hora de construir a sua persona? Então, acompanhe as dicas abaixo!

PÚBLICO-ALVO NÃO É PERSONA

Público-alvo e persona são diferentes, apesar de serem tomados como sinônimos em alguns momentos. De forma geral, público-alvo é uma definição muito mais simples e generalista sobre as pessoas que você quer atingir. Por exemplo:
Público-alvo: mulheres de 20 até 50 anos, casadas, com renda mensal de 2 salários mínimos.
Já a sua persona seria muito mais detalhada e pessoal. Por exemplo:
Persona: Maria, tem 30 anos, é analista em uma empresa de marketing e nas horas vagas gosta de passeios ao ar livre. Ela se interessa por conteúdos sobre maternidade e cursa uma pós-graduação.

Viu só a diferença? O público-alvo é muito mais geral e abrangente, enquanto a persona é uma representação humanizada do seu cliente. Se tratado de marketing, faz toda a diferença ter a persona bem definida, pois você trabalhará com materiais direcionados e com linguagem adaptada para aquele público. Você já se perguntou se as pessoas que tem acompanham são conservadoras? Descoladas? Gostam de qual estilo musical? O que elas fazem nas horas vagas? Elas utilizam gírias?

Ter essas informações claras fazem toda a diferença para o posicionamento do seu negócio e a forma com que ele irá se comunicar com os clientes.

Empresária apertando a mão de cliente

COMO CRIAR UMA PERSONA

Agora que você já sabe a importância da persona, está na hora de colocar a mão na massa. Como fazer isso? Existem algumas dicas que vão te ajudar. A construção da persona não é um processo subjetivo, ela exige análise do seu público e muita pesquisa. Alguns passos nesse processo são:

REALIZE UMA PESQUISA

A pesquisa é fundamental para coletar dados dos seus clientes. Primeiro você precisa definir qual tipo de pesquisa será feita, pois, existem várias: entrevista, questionário, etc… Com isso em mente, você precisa aplicá-las para o seu cliente.

Você pode utilizar ferramentas como Gloogle Forms ou Typerform para realizar a pesquisa e mandá-las por e-mail ou realizar logo após o atendimento.

FAÇA AS PERGUNTAS CERTAS

Para fazer a pesquisa, você precisa ter em mente quais perguntas deve fazer ao seu cliente. Para levantar os dados de forma mais completa, você pode dividir a pesquisa por categorias, iniciando da mais geral para específica, começando com características demográficas e partindo para perfil pessoal/profissional e hábitos de compra.

FAÇA A ANÁLISE DE DADOS

Depois de coletar todos os dados, você precisará fazer a análise. Para isso, precisará identificar padrões, características, desejos e outros aspectos comuns nos entrevistados para construir a sua persona. Nesse processo, você pode criar uma tabela para passar as informações e visualizar as características que se repetem.

DÊ VIDA A SUA PERSONA

Você precisa tornar a sua persona real. Depois de todas as informações coletadas, é hora de dar um rosto, ocupação e nome a sua persona. Crie um texto sobre ela e uma história que a relacione ao seu produto.

Depois disso, é só começar a usar a sua persona nas estratégias de comunicação da empresa. Dessa forma, sempre que uma peça for criada ou algo precisar ser comunicado a equipe terá a persona como base.

Gostou das dicas, então compartilhe elas com os seus amigos e acompanhe a Play Park nas redes sociais. :)

Imagem: Freepik